MADEIRA DE CARVALHO VERMELHO

Quercus rubra
PT madeira de carvalho vermelho
Proveniência

O carvalho vermelho americano, Quercus rubra, cresce em zonas do centro e este da América do Norte, e também do sudeste do Canadá. O carvalho vermelho é uma árvore que cresce reta e alta, com uma robustez apelativa: o tronco pode atingir os 40 metros de altura e dois metros de diâmetro.

 

Cor

A madeira de carvalho vermelho tem geralmente um tom castanho-avermelhado pálido, embora o borne varie entre um tom cinzento-claro e o vermelho, e o cerne possa adquirir um tom castanho-claro. A casca costuma ter uma superfície com listras brilhantes.

 

Textura

madeira de carvalho vermelho é dura, forte, pesada e de grão grosso, o que lhe permite ser utilizada para móveis ou construções domésticas referentes a revestimentos.

 

Durabilidade

Apesar da sua textura robusta, a madeira de carvalho vermelho tem uma estabilidade moderada e pouca resistência natural ao longo do tempo.

 

Características

Deve-se evitar cortar a madeira de carvalho vermelho no sentido contrário aos veios, uma vez que larga muitas farpas, especialmente se cortada à mão. Por isso, é mais fácil e seguro trabalhá-la com máquinas do que de forma artesanal. A sua manipulação não apresenta problemas, salvo a dureza do tronco. A secagem costuma ser muito lenta, com risco de fendas. As colas alcalinas e as ácidas não beneficiam em nada a sua composição, pelo que é melhor evitá-las. Em relação à pregagem e ao aparafusamento, podem ser realizados sem problemas e o acabamento costuma ser cómodo e elegante.

 

Utilizações

madeira de carvalho vermelho é utilizada com frequência para construir mobiliário, bem como no âmbito da construção e do acabamento de interiores do lar. Os seus raios lenhosos e a sua cor são reconhecíveis em portas, cercos, pavimentos, parquets, frisos ou molduras. Em relação a usos alternativos, também utiliza-se para a construção de instrumentos musicais, folheados, torneados, caixas, caixões ou plataformas.