MADEIRA DE AMIEIRO

Alnus Rubra
PT madeira de amieiro
Proveniência

O amieiro, também conhecido frequentemente como amieiro comum ou amieiro preto, é uma espécie de árvore que hoje em dia se distribui pela Europa e pelo sudoeste asiático. A sua proveniência original são os lugares húmidos e as florestas ribeirinhas. Ainda existe outra espécie conhecida como amieiro-vermelho, que cresce na região noroeste do Pacífico, na costa oeste dos EUA. Esta espécie fornece uma qualidade muito elegante para móveis Cabinet, e é vendida aplainada.

 

Cor

A madeira de amieiro é quase branca, mas uma vez cortada e após o seu exterior ser exposto ao ar livre, adquire um tom castanho-claro com umas nuances amarelas ou avermelhadas. Não existe uma fronteira visível entre o borne e o cerne, exceto em espécies muito antigas.

 

Textura

Esta madeira tem um veio muito reto e uma textura uniforme. A sua composição é leve e a sua superfície tem uma porosidade suave e compacta.

 

Durabilidade

O cerne da madeira de amieiro não é resistente à degradação, por isso é muito importante protegê-la contra ataques de pragas comuns do mobiliário doméstico, pois é susceptível a elas. Também se podem aplicar tintas protetoras e conservantes que evitam a sua corrupção.

 

Características

É a espécie das madeiras duras mais importante da região dos EUA, onde é criada. E tem uma flexibilidade moderada, pelo que o seu uso é limitado e delicado. Contudo, proporciona um bom esculpimento e polimento, dando um resultado muito fino para móveis elegantes.

 

Utilizações

Um dos usos mais característicos da madeira de amieiro é na construção de guitarras, bem como de cabos de utensílios domésticos (vassouras, escovas, rolos de têxteis, utensílios de cozinha…). Também se constroem, com este tipo de madeiras, brinquedos, bancadas de trabalho, vários tipos de folheados e móveis decorativos de interior.