MADEIRA DE CARVALHO

Quercus

MADEIRA DE CARVALHO

 

Propriedades

 

O termo madeira de carvalho é utilizado para referir várias espécies do género Quercus, uma espécie de árvore nativa do hemisfério norte. Embora tenha um crescimento lento – a não ser sob condições muito favoráveis – trata-se de uma espécie que alcança até 200 anos, podendo mesmo atingir até 600.

 

A madeira disponível no nosso armazém de madeiras em Valência tem três variantes: madeira de carvalho europeu, madeira de carvalho americano e madeira de carvalho-vermelho. As três espécies dispõem da maior qualidade e garantia de uso em sectores como a construção e a marcenaria.

 

Características

 

A madeira de carvalho é pesada e dura, com anéis muito visíveis na sua superfície. No que respeita à cor, o seu alburno deve ser amarelo, ao passo que a madeira do cerne deve ter um espetro de cor notável, com tons escuros.

 

Trata-se de um material particularmente forte, resistente à humidade e à putrefação, sendo maioritariamente utilizado para a construção naval e como madeira para exteriores.  Pelo mesmo motivo, é ideal para fabricar barris de vinho, conservando o líquido sem se deteriorar e enriquecendo-o com características aromáticas e de sabor inigualáveis.

 

A casca é bastante rica em taninos, sendo também utilizada como madeira para lenha e até mesmo como calmante cutâneo, devido às suas propriedades curativas.

 

Áreas de utilização

 

A madeira de carvalho apresenta propriedades de qualidade que fazem com que a sua venda se centre maioritariamente no setor da marcenaria e da carpintaria fina para construção de interiores, frequentemente na forma de tábuas, vigas e móveis.  No entanto, a madeira de carvalho mais dura é igualmente indicada para a construção em grande escala, como armações de abóbadas, construções navais, trabalhos hidráulicos ou sistemas de armamento (carroças, revólveres ou pistolas); é ainda apreciada no fabrico de barris de carvalho e de instrumentos musicais.

 

As variedades da madeira de qualidade inferior podem também ser aproveitadas para a carpintaria comum, o fabrico de pavimentos (parquet), a construção de travessas de caminho-de-ferro ou folheados de marcenaria.  Além disso, o carvalho pode ser utilizado como elemento decorativo na indústria dos curtumes.

Valorar