MADEIRA DE EMBERO

Lovoa trichiliodes
PT madeira de embero
Proveniência

embero é uma árvore conhecida como nogueira africana, uma espécie que habita na África equatorial e que é bastante apreciada pela sua madeira nobre: a madeira de embero.

 

Cor

A cor do borne da madeira de embero tem um tom amarelo-acinzentado claro com nuances rosa, enquanto o cerne é mais acastanhado. Além disso, a superfície pode apresentar fendas, deformações ou manchas de tom castanho escuro ou preto, provocadas pelas áreas listradas. No entanto, a cor vai escurecendo com o passar do tempo. O seu aspeto é muito atrativo e vistoso, por isso é suscetível de ser utilizado em ornamentos decorativos.

 

Textura

madeira de embero é uma madeira macia, com fibra reta, embora a entrelaçada seja comum, e o grão varia entre o fino e o médio. É uma madeira resistente, semipesada, com algumas nervuras e de textura bastante fina.

 

Durabilidade

A superfície macia da madeira de embero torna-a num material facilmente penetrável e suscetível de ser atacado por fungos e insetos, aos quais é muito sensível.

 

Características

madeira de embero é visualmente atrativa, já que o seu acabamento tem um aspeto fino e vistoso. Por esse motivo e por ser pouco recetiva a tintas e vernizes, é mais habitual o fabrico de materiais com a sua cor natural. Devido à leveza do material, as vigas tendem a rasgar-se, pelo que têm de ser trabalhadas manualmente. Além disso, a madeira de embero contém muita resina com odor forte e o pó que se liberta, ao ser cortada, pode produzir irritações ou eczemas na pele e nas mucosas. Como sucede com outras espécies de madeiras tropicais, recomenda-se utilizar luvas e máscaras para manipular a madeira de embero.

 

Utilizações

madeira de embero é uma opção muito elegante para decoração, além de ser adequada para o fabrico de móveis, carpintaria e marcenaria fina de interior, móveis torneados, folheados decorativos, revestimentos de qualidade, portas, molduras, rodapés, frisos e principalmente parquets.