MADEIRA DE ETIMOÉ

Copaifera salikounda
madera de etimoé - bois d'étimoé - etimoe wood - madeira de etimoé

MADEIRA DE ETIMOÉ

Proveniência

O etimoé é uma árvore que cresce no este e no centro de África. Recebe o nome científico de Copaifera salikounda e pertence à família das Fabaceae. Presentemente, sabe-se que a sua área florestal, a sua produção e a sua exportação são muito baixas, sendo por isso uma espécie em risco de extinção. Os principais países de produção de esta madeira são a Costa de Marfim, o Gana, a Guiné, a Libéria e a Serra Leoa.

 

Cor

A cor da madeira de etimoé varia entre o castanho ligeiramente avermelhado e o castanho-acinzentado, e o borne é claramente diferenciado do cerne.

 

Textura

madeira de etimoé é uma madeira dura e robusta, semipesada, com uma fibra geralmente reta ou ligeiramente entrelaçada, enquanto que o tamanho do grão varia entre o fino e o médio.

 

Durabilidade

madeira de etimoé é medianamente resistente ao ataque dos fungos e das térmitas, bem como à flexão estática.

 

Características

A superfície da madeira de etimoé costuma ter resina, o que torna complicado o seu trabalho artesanal. Devido à sua textura forte, é normal que durante a serragem as ferramentas se deparem com alguma resistência, pelo que se recomenda fazer uso de utensílios de aço comum ou em aço liga. A colagem e o acabamento não apresentam problemas, mas a pregagem e o aparafusamento requerem furos prévios. A secagem ao ar livre de tintas e vernizes é bastante lenta e apenas se produzem deformações durante a mesma.

 

Utilizações

As aplicações mais comuns da madeira de etimoé costumam ser os contraplacados, folheados para revestimentos decorativos, mobiliário e marcenaria, carpintaria de interior (pavimentos, escadas, molduras) e de exterior, revestimentos e construção de barcos. Nos pavimentos laminados é usual combinar-se com as madeiras faia, ácer ou carvalho inglês para um resultado mais original e elegante.

Valorar