MADEIRA DE IROKO

Milicia excelsa
PT madeira de iroko
Proveniência

O iroko ou iroco é o nome dado à madeira da árvore Milicia excelsa, uma espécie proveniente de muitos países do centro e este de África. Apesar da sua intensa exploração, a espécie encontra-se ameaçada desde 1998. A sua aparência é semelhante à madeira de teca, por isso é conhecida como a “teca africana”.

 

Cor

A madeira de iroko tem um tom castanho-claro ou amarelo-pálido, tanto no borne como no cerne, e escurece com o tempo adquirindo uma cor dourada ou avermelhada, dependendo da luz.

 

Textura

madeira de iroko tem uma fibra reta, embora tenha tendência a entrelaçar-se ligeiramente, e o grão varia entre o tamanho médio e o grosso. É uma madeira pesada, com uma densidade aproximadamente de 650 kg/m3.

 

Durabilidade

A madeira de iroko é uma madeira dura e muito resistente tanto ao apodrecimento como ao ataque de insetos. Também é resistente à flexão, à compressão e à tração.

 

Características

Trabalhar com a madeira de iroko pode causar alguns inconvenientes se tivermos em conta que este material contém alguns resíduos de calcário que podem provocar alguma abrasividade. Desta forma, aconselha-se o uso de máscara e proteção, principalmente na hora do corte ou do aplainamento. Os taninos presentes na resina podem dificultar a secagem de vernizes oxidantes e a colagem com colas de caseína. Por outro lado, o aparafusamento não apresenta qualquer problema. O borne da madeira de iroko é impregnável, mas o cerne não tem esta propriedade.

 

Utilizações

Uma vez que se trata de uma madeira tão resistente, a madeira de iroko utiliza-se especialmente para cartazes e esculturas em madeira expostos às intempéries. Também é utilizada para construções de exterior, como pavimentos, carpintaria, estruturas, folheados decorativos, mobiliário de parques e jardins, marcenaria e construção naval, escadas, portas, revestimentos, frisos, rodapés e molduras variadas.